quarta-feira, 10 de junho de 2009

Releituras II

"Parecera o começo da felicidade, e às vezes, passados mais de trinta anos, ela ainda se sente chocada ao dar-se conta de que FOI felicidade, de que toda a experiência se encontra num beijo e num passeio, na previsão de um jantar e de um livro (...). O que continua a viver, intacto, na memória de Clarissa, decorridas mais de três décadas, é um beijo no crepúsculo, num retalho de erva seca, e um passeio à volta de uma lagoa, enquanto zumbiam mosquitos no ar que escurecia. Ainda permanece essa perfeição singular, e é perfeição, em parte, porque pareceu, na altura, prometer tão claramente mais. Ela agora sabe: esse foi o momento, exactamente esse."

Michael Cunningham, "As horas"


(ln)

1 comentário:

Pipette disse...

Eu já nem sei o que escrever nos comentários. Gostei, claro.