terça-feira, 10 de março de 2009

HELP! (ou de como uns estão a ficar mais velhos do que outros, pronto)

AS PESSOAS QUE ENTRARAM NA UNIVERSIDADE ESTE ANO NASCERAM EM 1990


Não se lembram de Gorbatchov ter sido eleito e de ter iniciado a abertura da URSS.

Não se lembram de a Madonna ter lançado o "True Blue".

Não se lembram de Rosa Mota ter sido medalha de ouro em Seul.

Não se lembram da Guerra do Golfo.

Para eles só existiu um Papa.

Não fazem ideia do que foi o "Live Aid" e nunca cantaram "We are the World, We are the Children..."

Não sabem o que foi Chernobyl nem se lembram de quando Gabriel Garcia Marquez ganhou o Nobel

Não se recordam da desintegração da União Soviética nem da libertação de Mandela.

Para eles "The Day after" é uma pílula, não o título de um filme e CCCP é um monte de letras ou um erro de teclado atribuível ao lixo na Internet.

Só lhes calhou ouvir falar de uma Alemanha, ainda que na escola lhes tenham contado que havia duas.

Na realidade, aos seus olhos uma metade da Alemanha ser comunista soa-lhes mais estranho que meio Japão povoado de negros.

O 25 de Abril é tão histórico como a I e a II Guerra Mundiais.

São demasiado jovens para se lembrarem da explosão do Challenger.

A SIDA existiu toda a sua vida.

Não chegaram a jogar com o velho "Spectrum" nem tiveram discos de vinil: a expressão "pareces um disco riscado" não significa nada para eles.

A Guerra das Estrelas parece-lhes bastante falso e os efeitos especiais patéticos.

Sempre houve atendedores de chamadas e, afinal, o que é isso do fax?

Para eles nunca houve outra forma de levantar dinheiro senão em caixas na parede.

O "Bébé Proveta" é mais velho do que eles.

Muitos deles não sabem que a televisão só tinha 2 canais e nunca viram uma televisão a preto e branco.

Os vídeos sempre existiram e não podem sequer entender o que é ver televisão sem telecomando.

Nunca viram "A Abelha Maia", "Marco", "Viki o Viking" ou "Heidi" e não acreditariam que o Herman José foi lançado pelo Nicolau Breyner em " Sr. Contente e Sr. Feliz".

Pela pinta, Kareem Abdul-Jabbar deve ser um terrorista fundamentalista muçulmano.

Nunca nadaram a pensar no "Tubarão".

Michael Jackson sempre foi branco.

Para eles "Os amigos de Alex" é só um programa de rádio e provavelmente se vissem o "Flash Dance" dava-lhes vontade de rir.

Nunca ouviram falar no J.R.Ewing e não sabem que mataram a Laura Palmer.

Não sabem quem eram os "Anjos de Charlie", o "Zeca Diabo" ou a "Cornélia" e nunca se riram com o Archie Bunker.

Nunca viram "Gente Fina é outra Coisa" e só viram reposições de "Uma Família às Direitas", da "Balada de Hill Street" ou do "Alô, Alô".

(LN)

3 comentários:

Pipette disse...

Algumas são mentira, mas a maioria aplica-se... :P

Guilherme Silva disse...

Mas alguma vez alguém viu o "Flash Dance" sem ter vontade de rir?
:p

direitoàcena disse...

Got a point there, Guilherme.

LN