sexta-feira, 24 de abril de 2009

Absolutamente fenomenal

Vi ontem o "Encounters at the end of the world", do Werner Herzog, na sessão de abertura do Festival de Cinema Independente de Lisboa: o(s) sonho(s) (em) branco(s), a procura, a aventura, o humor da estranheza.
(Pergunta: Como é que veio parar à Anctártida?
Respostas (síntese livre): Aqueles que querem sair do mapa vêm parar aqui, onde as linhas do mapa se juntam/Aqueles que andam soltos, sem nada que os agarre noutros lados, caem aqui.)
A não perder quando/se chegar às salas de cinema. Ou a não perder por qualquer outro meio.

(ln)

6 comentários:

aaafdup disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
l. disse...

não é justo que uns vivam em Lx e eu não... (já agora, amanhã, se pudesse ia ver no Coliseu dos Recreios o maestro Dudamel) bjs, l.

direitoàcena disse...

Eu não vivo em Lisboa ;-)
Vivo basicamente na A1.

(ln)

l. disse...

lol. bem visto, sim senhora... mas da A1 a Lisboa é um tirinho! beijo. l.

direitoàcena disse...

Também fui ver o "fireflies in the garden". Muito bom. E como dizia à l., este está no Porto também ;-)

(ln)

Pipette disse...

Este post ainda é da altura em que a pitufa (ainda) via :p